No Outubro Rosa, Vez & Voz realiza live para prevenção do Câncer de Mama

Essa foi a primeira transmissão ao vivo pelo canal do Vez & Voz no YouTube

Na manhã da última sexta-feira (21), foi ao ar a live Se toca’ para falar sobre Câncer de Mama. A transmissão realizada pelo Movimento Vez & Voz em seu canal no YouTube e promovida pelo SETCESP com o apoio da Pamcary.

Gabriela Fonseca, gestora do SETCOM (Sindicato das Empresas de Transporte de Cargas do Centro Oeste Mineiro), entidade signatária do movimento, conduziu o bate-papo que a teve participação do Dr. Guilherme Novita, presidente da Sociedade Brasileira de Mastologia e de Jucelia Inocêncio, da Roriva Transportes e Germaine Tillwitz.

Novita fez alertas importantes e mostrou de forma detalhada, quais são os fatores de risco da doença, quais são os tratamentos e como eles foram evoluindo ao longo da história.

“Estamos aqui para desmistificar alguns pontos e falar sobre prevenção. Um deles é reforçar que tão importante e eficaz quanto fazer o autoexame é realizar a mamografia”, explicou.

Quanto aos sintomas, o médico contou que na maioria das vezes são imperceptíveis. “O câncer é um inimigo traiçoeiro e silencioso. A mamografia detecta as lesões antes de ficarem palpáveis, ela é um alarme”, disse.

Jucelia Inocêncio, da Roriva Transportes, foi curada do câncer de mama e dividiu toda a sua experiência sobre como lidou com a doença.

“Me lembro muito bem o dia que recebi o diagnóstico, mas a ficha só caiu mesmo quando eu cortei os cabelos”. Inocêncio compartilhou como buscou formas para encarar o tratamento com naturalidade, e que esse foi um momento que a fez parar e repensar a vida.

“Quem trabalha no transporte está sempre na correria. A manutenção do veículo tem que estar em dia, mas às vezes a gente esquece de cuidar de nós mesmos. E nós, não temos peças de reposição. Temos que nos preocupar muito mais com a nossa manutenção pessoal e fazer esses exames periódicos”, aconselhou.

Paciente de câncer de mama metastático, Germaine Tillwitz, também falou sobre o seu diagnóstico e como lida com o tratamento.

“A prevenção é para qualquer tipo de doença. Hoje eu recebo um cuidado paliativo para ter qualidade de vida e viver bem com a doença”, esclareceu Tillwitz.

Segundo o INCA (Instituto Nacional de Câncer), o câncer de mama é o tipo que mais acomete mulheres em todo o mundo. Por isso, o diagnóstico precoce é essencial para aumentar as chances de cura. Mas, tão importante quanto a cura, é continuar tendo qualidade de vida durante o tratamento.

“Elucidando melhor o que é o câncer de mama, as pessoas tomam mais coragem para se cuidar, parabéns pela iniciativa em levantar esse assunto”, disse o presidente da Sociedade Brasileira de Mastologia.

Mesmo quem perdeu a transmissão tem a chance de conferir todas as informações apresentadas nela.

Aproveite e se inscreva no Canal do Vez & Voz do YouTube.



8 visualizações0 comentário