Nadir Moreno – “Não deixe ninguém te dizer que não consegue”


Em 1992, eu entrei na UPS como assistente de atendimento. A partir daí, tive a oportunidade de trabalhar em áreas como Financeiro, RH e Jurídico. Isso possibilitou que eu agregasse conhecimento específico de cada um desses setores.

A minha passagem pelo departamento financeiro foi muito importante para que eu me tornasse presidente, porque pude trabalhar a questão da rentabilidade da empresa.

Só que quando me tornei responsável pelo RH e Jurídico, áreas em que atuei por mais tempo, meu trabalho teve maior visibilidade. Por isso, me convidaram para participar de um projeto especial em Miami (EUA).


Eu desenvolvi esse projeto por certo período, e pude entender um pouco mais sobre o funcionamento da companhia em cada unidade dos países da América Latina. Em 2007, fui indicada a posição que ocupo hoje, presidente da empresa, um cargo de bastante responsabilidade, mas também de grandes oportunidades de aprendizado. Já são quase 30 anos atuando na UPS.

Trabalhar em uma grande empresa de logística traz desafios imensos, mas nunca pensei em desistir, pois faço o que eu amo. Eu escolhi estar aqui e sei que os momentos difíceis sempre passam e deixam apenas experiências e aprendizados.

Apesar de já ter passado por muitas situações adversas, nunca me senti intimidada. Sempre busquei refletir sobre cada questão e buscar as melhores soluções, de acordo com as diferentes circunstâncias.

E cada desafio superado, cada solução desenvolvida para o cliente, me faz sentir mais motivada. Ver o quanto nossa empresa pode fazer a diferença ao redor do mundo e saber que eu faço parte disso, me deixa realizada e orgulhosa!


Acredito que as mulheres estão se desenvolvendo, mais e mais, em diversos ramos e precisamos continuar incentivando-as. Eu sou uma presidente em um ramo considerado majoritariamente masculino, e isso mostra que, com objetivos claros podemos ser o que quisermos.


Precisamos focar em projetos, cursos e eventos para ensinar e incentivar nossas mulheres sobre política, liderança, economia e outros assuntos.

O crescimento das mulheres é notável, porém ainda há muito o que conquistar para alcançar a igualdade de gênero. A UPS tem vários programas que fomentam a participação das mulheres na empresa, inclusive o WLD (Women’s Leadership Development – em português: desenvolvimento de liderança feminina), implementado em 2006. Desde então, o turnover das mulheres na empresa foi reduzido de 28% para 12%.


Acredito que é muito importante que as empresas, e nós através de iniciativas como o Vez e Voz e a do LIDE Mulher, por exemplo, busquemos inserir as mulheres, cada vez mais, no mercado de trabalho e em cargos de lideranças.


Aliás, para quem não conhece, o LIDE Mulher é um grupo para mulheres líderes empresariais, onde sou presidente. Foi criado em 2006 com o objetivo de promover o debate em torno da gestão feminina, identificar formas para valorizar a presença de mulheres em cargos diretivos e destacar a liderança feminina como diferencial.


Os objetivos do grupo são sensibilizar e conscientizar líderes empresariais sobre os valores das características de liderança da gestão feminina, que atendem às novas tendências e necessidades do mercado. Ao mesmo tempo, busca colaborar para a aceleração do desenvolvimento de mulheres para altos cargos de liderança.


Portanto, acredito que tudo isso faz a diferença, tanto as empresas, como escolas e o país no geral precisa incentivar as mulheres em seu desenvolvimento.


Precisamos continuar lutando pela equidade de gênero e nos colocando no lugar em que queremos estar, através dos nossos objetivos e de nossa capacitação.

Meu conselho para todas as mulheres é: siga seus sonhos e vontades, em qual área for. Saia da zona de conforto, se dedique, estude e não deixe ninguém te dizer que não consegue. Mostre sua força!


* Por Nadir Moreno

Conecte-se com a Nadir Moreno no LinkedIn

69 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo